PUBLICIDADE
Actualidade

Livro de crónicas de Mário de Carvalho reúne o que ouviu "na barrica das maçãs"

07 | 04 | 2019   11.17H

O novo livro de Mário de Carvalho, "O que eu ouvi na barrica das maçãs", reúne algumas das crónicas do escritor, escolhidas e agrupadas em quatro atos, como explica o seu editor, e é apresentado na quarta-feira.

"Os textos aqui reunidos são testemunhos de um largo campo de assuntos, abordagens, dimensões e estilos, através de eras e lugares, sinais de um escritor que declaradamente prefere viajar no discurso e decurso do tempo e do espaço, a fazê-lo em itinerários geográficos, programados e turísticos", afirma no prefácio o jornalista Francisco Belard.

Belard chama à atenção, no seu "prefácio (ou tentativa)", para "o olhar crítico (mas também o ouvido, porque Mário de Carvalho é um constante espetador e ouvinte) do autor que passa bem as fronteiras dos géneros literários", destacando que "a sua coerência de escritor convive com a maleabilidade estilística nas linguagens que o habitam".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE